J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
18-Informação Paroquial de 04 a 11 de Maio 2014 Imprimir EMail

INFORMAÇÃO PAROQUIAL DE  04  A 11 DE MAIO DE  2014

01.  SEMANA DA PASTORAL DA SAÚDE E DIA PAROQUIAL DO DOENTE, De 27 de Abril a 04 de Maio.

02.  Dia Paroquial do Doente, na Matriz – Dia 4 de Maio:

a.    Às 14, 30h – Acolhimento aos doentes e Famílias;

b.    Às 15, 30h – Eucaristia, com Santa Unção a quem desejar. Com o Padre José Nuno.

No Final – Convívio e Merenda partilhada na Tenda da Amizade.

03.  Benção das Mães Gravidas e Envio dos Peregrinos a Fátima a Pé: Dia 04 de Maio na Missa das 19:00h, na Matriz.

04.  Peditório para a Festa de Santo António – Os dedicados Irmãos da Confraria das Almas e Santo António, iniciam o peditório dia 03 de Maio, termina a 8 de Junho.

05.  Maio – Mês das Primeiras Comunhões na nossa Paróquia de São Cosme e São Damião: Dia 11  no Centro de Azenha, às 11.00h.No Centro dos Capuchinhos às 15.00h.

06.  Semana de Oração pelas Vocações Consagradas de 4 a 11 de Maio.

07.  Confraria do Crasto – Reunião dia 05 – 21:30h

08.  Leitores – Reunião dia 05 de Maio no final do Rosário

09.  Coro Vicarial – Ensaio dia 5 às 21:30h, na Capela da Ressurreição

10.  SPEC (SecretariadoParoquial da Educação Cristã) – Reunião dia 06 de Maio, 21:30h, na Azenha.

11.  Matriz – Festa Perdão: Confissões, dia 5 às 18:00h

12.  Festa Perdão no Calvário: dia 07 de Maio às 18:00h

13.  Festa Perdão no Taralhão: dia 08 de Maio, às 18:00h

14.  Festa Perdão no Cimo da Serra: dia 10 de Maio às 10:00h .

15.  GAC-(Grupo Animação e Cultura)-Reúnem dia 7 de Maio

16.  GEOP-(GrupoExecutivo Obras Paroquiais)dia 7 de Maio

17.  Maio Rosário –Matriz e em todos os Centros – Dia 08, especialmente pelas vocações consagradas, preparando o Bom Pastor.

18.  Escuteiros-Reunião dia 9 às 21:30h no Salão

19.  Tenda da Amizade – Sarrabulho-Ao Almoço dia 11 de Maio às 12:30h-Inscrições na Sacristia e

Bar da Amizade - O produto reverte a favor das obras para 2ª Fase do Centro Paroquial

 

  ACONTECE PROXIMAMENTE – REGISTE JÁ E RESERVE DISPONIBILIDADE

20.  Confraria das Almas Reúne dia 12 de Maio

21.  Monte Crasto – Missa de ação de Graças a Nossa Senhora dia 13, às 08:30h

22.  MMF(Movimento Mensagem de Fátima)-Reúnião dia 14, às 09:30h

23.  MOVA(Movimento Vida Ascendente) Reúne dia 14 às 15:30h

24.  CAE e GAC –Reunião dia

25.  Quem pensa Batizar Filhos, ou ser Padrinho/Madrinha, precisa aparecer sempre com muita antecedência: no mínimo 3 meses. A Bênção das Mães grávidas e a Bênção da Mãe e Filho depois do Parto, são momentos felizes da Preparação de toda a Família para o Batismo.

26.  Marcação de Casamentos para 2014 – Convém fazer já a marcação de todos os Casamentos para 2014. Agradecemos muito, que façam também a Marcação das bodas de Prata e Ouro para 2014, a partir desta data. Com antecedência para poderem fazer uma bela preparação pastoral. Dia 15 de Junho, em S. João da Madeira será o Jubileu diocesano dos Casais de 10, 25, 50 e 60 Anos de Matrimónio. Faremos um Encontro Paroquial de Preparação com estes Casais Jubilados, no Salão Paroquial, dia 28 de Maio, às 21,30h.

27.  PEREGRINAÇÃO PAROQUIAL À GRÉCIA, nos Passos de S. Paulo: de 25 de Julho a 01 de Agosto 2014. Visitando  as Comunidades Paulinas, Corinto, Atenas, Tessalónica, Filipos, co mini-cruzeio a algumas Ilhas gregas. As Inscrições a 22 de Junho.

EM 2014

B ê n ç ã o    d a s    M ã e s    G r á v i d a s    e m    2 0 1 4

Sempre que solicitada.

Próxima BÊNÇÃO DAS MÃES GRÁVIDAS  -  Domingo 04 de Maio – 19h, na Igreja Paroquial.

B Ê N Ç Ã O   D A   M Ã E  E  D O   F I L H O,   A P Ó S   O   P A R T O   e m   2 0 1 4

Nos seguintes Domingos, na Igreja Matriz:

27/Abril = 11h, na Igreja Matriz;     

25/Maio = 19H, na Igreja Matriz;                 22/Junho=11h, na Igreja Matriz;   

Agradecemos façam sempre inscrição prévia na Sacristia ou por mail, para facilitar o acolhimento.

 

lll DOMINGO  DE PÁSCOA - EVANGELHO - Lc 24, 13-35
Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Lucas

Dois dos discípulos de Jesus iam a caminho duma povoação chamada Emaús, que ficava a duas léguas de Jerusalém. Conversavam entre si sobre tudo o que tinha sucedido. Enquanto falavam e discutiam, Jesus aproximou-Se deles e pôs-Se com eles a caminho. Mas os seus olhos estavam impedidos de O reconhecerem. Ele perguntou-lhes: «Que palavras são essas que trocais entre vós pelo caminho?». Pararam, com ar muito triste, e um deles, chamado Cléofas, respondeu: «Tu és o único habitante de Jerusalém a ignorar o que lá se passou estes dias». E Ele perguntou: «Que foi?». Responderam-Lhe: «O que se refere a Jesus de Nazaré, profeta poderoso em obras e palavras diante de Deus e de todo o povo; e como os príncipes dos sacerdotes e os nossos chefes O entregaram para ser condenado à morte e crucificado. Nós esperávamos que fosse Ele quem havia de libertar Israel. Mas, afinal, é já o terceiro dia depois que isto aconteceu. É verdade que algumas mulheres do nosso grupo nos sobressaltaram: foram de madrugada ao sepulcro, não encontraram o corpo de Jesus e vieram dizer que lhes tinham aparecido uns Anjos a anunciar que Ele estava vivo. Alguns dos nossos foram ao sepulcro e encontraram tudo como as mulheres tinham dito. Mas a Ele não O viram». Então Jesus disse-lhes: «Homens sem inteligência e lentos de espírito para acreditar em tudo o que os profetas anunciaram! Não tinha o Messias de sofrer tudo isso para entrar na sua glória?». Depois, começando por Moisés e passando pelos Profetas, explicou-lhes em todas as Escrituras o que Lhe dizia respeito. Ao chegarem perto da povoação para onde iam, Jesus fez menção de ir para diante. Mas eles convenceram-n’O a ficar, dizendo: «Ficai connosco, porque o dia está a terminar e vem caindo a noite». Jesus entrou e ficou com eles. E quando Se pôs à mesa, tomou o pão, recitou a bênção, partiu-o e entregou-lho. Nesse momento abriram-se-lhes os olhos e reconheceram-n’O. Mas Ele desapareceu da sua presença. Disseram então um para o outro: «Não ardia cá dentro o nosso coração, quando Ele nos falava pelo caminho e nos explicava as Escrituras?». Partiram imediatamente de regresso a Jerusalém e encontraram reunidos os Onze e os que estavam com eles, que diziam: «Na verdade, o Senhor ressuscitou e apareceu a Simão». E eles contaram o que tinha acontecido no caminho e como O tinham reconhecido ao partir o pão. Palavra da Salvação.

Comentário à Liturgia dominical: http://ecclesia.pt/

Fontes de Apoio à vivência da liturgia Diária: Secretariado Nacional de Liturgia.

Aleluia, Jesus Ressuscitou e está vivo na nossa Comunidade. Iniciamos o Mês de Maria com três Encontros sobre a Pessoa Humana e o Sofrimento. A atitude maternal da Igreja. O P. José Nuno, esteve muito presente, numa partilha riquíssima e interpeladora. Bom Mês de Maria, em Tempo Pascal. O Pároco: P. Alípio Barbosa

 

Ligações de interesse para os Cristãos:

·         A Santa Sé: http://www.vatican.va/phome_po.htm

·         Vaticano nas Redes Sociais: http://www.h2onews.org/pt/

·         Diocese do Porto: http://diocese-porto.pt/

·         Santuário de Fátima: http://www.santuario-fatima.pt/portal/

·         Lugar Sagrado-Meditação e Oração Diária: http://www.lugarsagrado.com/

·         Beata Alexandrina de Balazar: http://www.alexandrinadebalasar.com/

·         Centenário das Aparições de Fátima: http://www.fatima2017.org/portal/

·         Ajuda à Igreja à Igreja que Sofre: http://www.fundacao-ais.pt/

·         Paróquia de Gondomar/S. Cosme nas Redes Socais:

 https://www.facebook.com/pages/Par%C3%B3quia-de-S-Cosme-de-Gondomar/172450266187252?ref=ts&fref=ts

·         Voz Portucalense-Semanário diocesano: http://www.voz-portucalense.pt/

·         Secretariado Diocesano da Juventude: http://juventude.diocese-porto.pt/

·         Secretariado Diocesano da Pastoral Familiar:

http://pastoralfamiliarporto.planetaclix.pt/

·         Secretariado Diocesano da Pastoral da Cultura: http://sdpc-porto.blogspot.pt/

·         Secretariado Diocesano da Educação Cristã: http://www.catequesedoporto.com/

·         Secretariado Diocesano da Pastoral Universitária: http://puporto.org/

·         Secretariado Diocesano da Pastoral das Vocações:

http://www.seminariodobompastor.pt/

·         Secretariado Diocesano das Migrações e Turismo: http://www.migracoesporto.org

·         Secretariado Diocesano da Pastoral da Juventude: http://juventude.diocese-porto.pt

·         Educação Moral Religiosa Católica do Porto: http://www.emrcporto.com/

·         Centro Cultura Católica do Porto: http://ccc.diocese-porto.pt/

·         Fundação SPES: http://www.fspes.pt/  

·         Horário de Missas na nossa Diocese: http://www.diocese-porto.pt/index.php?option=com_paroquias&view=pesquisarmap&Itemid=163

·         Fé E Cooperação: http://www.fecongd.org/

·         Rota das Catedrais – Visita a 360.º: http://www.rotadascatedrais.com/pt/visitas-virtuais

·         Biblioteca Nacional de Leitura:

o   http://purl.pt/index/geral/PT/index.html

o   http://www.bnportugal.pt/

·         Biblioteca Digital, muito completa:

http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/PesquisaObraForm.do

·         Jornada Mundial Juventude 2016-Cracóvia: http://www.krakow2016.com/en/

·         Lugar do Desenho-Fundação Júlio Resende: http://www.lugardodesenho.org/

·         Portugueses pelo Mundo: http://www.rtp.pt/programa/tv/p29082/e19

·         Vídeos sobre Portugal Maior: http://www.youtube.com/watch?v=g1FrleHW_Bg

·         As Vinte e Sete Maravilhas do Portugueses no Mundo:

http://www.youtube.com/watch?v=ct53Y2RaTXY

·         Património Português no Mundo:

https://www.facebook.com/pages/Patrim%C3%B3nio-Portugu%C3%AAs-no-Mundo/164801093535396

·         Cabora Baça: A Maior Construção Portuguesa e a última entrega do Império:

http://www.youtube.com/watch?v=5jR_Cf2YjHI

·         Vídeos sobre a Cidade da Virgem: http://www.youtube.com/user/pedrodoporto

 

RUMO AO JUBILEU DOS CEM ANOS DE FÁTIMA

 

NESTA SEÇÃO, IREMOS COLOCANDO ALGUNS ITENS, RELATIVOS A NOSSA SENHORA, FÁTIMA E A VERDADEIRA DEVOÇÃO MARIANA, COMO CAMINHO PARA JESUS, NA IGREJA E NA EUCARISTIA.

E OUTROS SUBSÍDIOS DE VIVÊNCIA E PREPARAÇÃO

NESTE TRIÉNIO 2014-2015-2016.

 

Rogando ao Senhor, que o Papa proclame 2017 Ano Santo Mariano

 

______________________________________________________________________________

PEREGRINAÇÃO APOSTÓLICA
DO PAPA JOÃO PAULO II EM PORTUGAL

ACTO DE CONFIANÇA E DE CONSAGRAÇÃO
 À NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Fátima – 13 de Maio de 1982

 

“À vossa protecção nos acolhemos, Santa Mãe de Deus”!

1. AO PRONUNCIAR estas palavras da antífona com que a Igreja de Cristo reza há séculos, encontro-me hoje neste lugar escolhido por Vós, ó Mãe, e por Vós especialmente amado.

Estou aqui, unido com todos os Pastores da Igreja por aquele vínculo particular, pelo qual constituímos um corpo e um colégio, assim como Cristo quis os Apóstolos em unidade com Pedro.

No vínculo desta unidade, pronuncio as palavras deste Acto, no qual desejo incluir, uma vez mais, as esperanças e as angústias da Igreja no mundo contemporâneo.

Há quarenta anos atrás, e depois ainda passados dez anos, o Vosso servo o Papa Pio XII, tendo diante dos olhos as dolorosas experiências da família humana, confiou e consagrou ao Vosso Coração Imaculado todo o mundo e especialmente os Povos que eram objecto particular do vosso amor e da vossa solicitude.

Este mundo dos homens e das nações também eu o tenho diante dos olhos, hoje, no momento em que desejo renovar a entrega e a consagração feita pelo meu Predecessor na Sé de Pedro: o mundo do Segundo Milénio que está prestes a terminar, o mundo contemporâneo, o nosso mundo de hoje!

A Igreja, lembrada das palavras do Senhor: “Ide... e ensinai todas as nações... Eis que eu estou convosco todos os dias, até ao fim do mundo” (Matth. 28, 19-20), no Concílio Vaticano II, renovou a consciência da sua missão neste mundo.

Por isso, ó Mãe dos homens e dos povos, Vós que “conheceis todos os seus sofrimentos e as suas esperanças”, Vós que sentis maternamente todas as lutas entre o bem e o mal, entre a luz e as trevas, que abalam o mundo contemporâneo, acolhei o nosso clamor que movidos pelo Espírito Santo, elevamos directamente ao Vosso Coração, e abraçai com o amor da Mãe e da Serva este nosso mundo humano, que Vos confiamos e consagramos, cheios de inquietação pela sorte terrena e eterna dos homens e dos povos.

De modo especial Vos entregamos e consagramos aqueles homens e aquelas nações, que desta entrega e desta consagração particularmente têm necessidade.

“À Vossa protecção nos acolhemos Santa Mãe de Deus”! Não desprezeis as nossas súplicas, pois nos encontramos na provação!

Não desprezeis!

Acolhei a nossa humilde confiança e a nossa entrega!

2. “Porque Deus amou de tal modo o mundo que lhe deu o seu Filho unigénito, para que todo aquele que n’Ele crer, não pereça, mas tenha a vida eterna” (Io. 3, 16).

Precisamente este amor fez com que o Filho de Deus se tenha consagrado a si mesmo: “Eu consagro-me por eles, para eles serem também consagrados na verdade” (Ibid. 17, 19).

Em virtude desta consagração, os discípulos de todos os tempos são chamados a empenhar-se pela salvação do mundo, a ajuntar alguma coisa aos sofrimentos de Cristo em benefício do Seu Corpo, que é a Igreja (Cfr. 2Cor. 12, 15; Col 1, 24).

Diante de Vós, Mãe de Cristo, diante de Vosso Coração Imaculado, desejo eu, hoje, juntamente com toda a Igreja, unir-me com o nosso Redentor nesta sua consagração pelo mundo e pelos homens, a qual só no seu Coração divino tem o poder de alcançar o perdão e de conseguir a reparação.

A força desta consagração permanece por todos os tempos e abarca todos os homens, os povos e as nações, e supera todo o mal, que o espírito das trevas é capaz de despertar no coração do homem e na sua história, e que, de facto, despertou nos nossos tempos.

A esta consagração do nosso Redentor, mediante o serviço do sucessor de Pedro, une-se a Igreja, Corpo místico de Cristo.

Oh! quão profundamente sentimos a necessidade de consagração, pela humanidade e pelo mundo: para nosso mundo contemporâneo, na unidade com o próprio Cristo! Na realidade, a obra redentora de Cristo deve ser participada pelo mundo pela mediação da Igreja.

Oh! quanto nos penaliza, portanto, tudo aquilo que na Igreja e em cada um de nós se opõe à santidade e à consagração! Quanto nos penaliza que o convite à penitência, à conversão, à oração, não tenha encontrado aquele acolhimento que devia!

Quanto nos penaliza que muitos participem tão friamente na obra da Redenção de Cristo! Que tão insuficientemente se complete na nossa carne “aquilo que falta aos sofrimentos de Cristo!” (Col 1, 24).

Sejam benditas portanto, todas as almas que obedecem à chamada do Amor eterno! Sejam benditos aqueles que, dia após dia, com generosidade inexaurível acolhem o Vosso convite, ó Mãe, para fazer aquilo que diz o Vosso Jesus (Cfr. Io 2, 5) e dão à Igreja e ao mundo um testemunho sereno de vida inspirada no Evangelho.

Sede bendita, acima de todas as criaturas, Vós, Serva do Senhor, que mais plenamente obedeceis a este Divino apelo!

Sede louvada, Vós que estais inteiramente unida à consagração redentora do Vosso Filho!

Mãe da Igreja! Iluminai o Povo de Deus nos caminhos da fé, da esperança e da caridade! Ajudai-nos a viver com toda a verdade da consagração de Cristo pela inteira família humana, no mundo contemporâneo. (Continua…….)

 

< anterior   Seguinte >
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol