J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
13-Informação Paroquial de 30 Março a 06 de Abril 2014 Imprimir EMail

INFORMAÇÃO  PAROQUIAL 30 MARÇO A 06 ABRIL DE 2014

01.  SPEC(Secretariado Paroquial Educação Cristã) – Reunião dia 01 de Abril às 21:30h, no Taralhão.

02.  Confissões para a 1ª Sexta-Feira – Dia 02 de Abril, às 15:00h, na Matriz.

03.  Encontro de todos os Catequistas de toda a Paróquia, Dirigentes Escuteiros, todos os Animadores Paroquiais e todo o Povo – Dia 02  de Abril, na Igreja Matriz, às 21:30h. Com  Pe. José Nuno.Tema: Catequistas: Educadores e Testemunhas do Chamamento à Vida em abundância.

04.  GAC(Grupo Animação e Cultura) – Reunião, dia 02 de Abril às 21:30h

05.  Exposição do Santíssimo – todas as Quintas – Feiras, das 09:00, às 22:30h-Próx. Quinta-Feira será com a Catequese .

06.  Via Sacra- Todas as Sextas Feira da Quaresma, ás 21:30h na Matriz.

06.01 - Segunda Audição da Escola Paroquial de Música :  Próximo Sábado, Dia 05 de Abril, às 18.00h, na Capela da Ressurreição.

 

07.  Tenda Amizade – Próximo Evento na Tenda da Amizade, com a Zona de Ermentão.Dia 5 de Abril, Venha conviver traga um familiar ou amigo. O produto reverte a favor do Centro Paroquial.

08.  Diocese do Porto – Entrada do Novo Bispo, Sr.D.António Francisco dos Santos e Inicio de Ministério como Pastor da nossa Diocese: Eucaristia na Sé dia 6 de Abril  às 16:00h.Convidamos  a nossa Comunidade a estar em união de oração e comunhão espiritual e também àqueles que  puderem  estar presentes para acolher o Pastor da nossa Diocese.

09.  Destino da Renuncia Quaresmal – Fundo Social Diocesano – esta verificação e este convite não falam apenas de mundos distantes. Se estivermos despertos para Deus, descobrimos facilmente na nossa rua, no nosso bairro, na nossa paróquia, na nossa cidade, na nossa diocese, famintos de atenção, famintos de dignidade, famintos de pão.Continurão a ser estes os primeiros destinatários dos frutos da nossa partilha quaresmal. Recolhida no Fundo Social Diocesano, continuaremos a procurar responder às necessidades materiais mais prementes, identificados, principalmente, pelas Conferências de S. Vicente de Paulo. Desde a quaresma 2013 até agora o Fundo Diocesano distribuiu 210.850€.

10.  Na nossa Paróquia faremos a recolha da Renúncia Quaresmal no Fim-de-semana dos Ramos: 12 e 13 de Abril.

11.  Vandalismo e Sacrilégio – No Monte Crasto. No passado dia 21 de Março, de Madrugada, pegaram fogo criminoso e sacrílego à Capela do Monte Crasto. Após um período de contínuos assaltos, roubos e destruição do Património, como das Antenas de Comunicação, do Café, da Igreja e da Casa da Confraria, pegaram fogo na Capela. Além do mais é um sacrilégio, profanar um templo consagado ao Senhor e a Nossa Senhora da Lapa e Santo Isidoro. São graves e avultados os prejuizos. A Confraria partilha tão calamitosa impunidade, com todos e agradece o melhor apoio. Vai ser necessário restarurar e adquirir os objetos roubados ou destruídos pelo fogo criminoso. Contamos com a amizade, partilha e apoio de todos os Gondomarenses e Instituições.

ACONTECE PROXIMAMENTE – REGISTE JÁ E RESERVE DISPONIBILIDADE

12.  Reunião Leitores da Matriz: Dia 07 de Abril, às 21:30h .

13.  Confraria do Crasto – Reunião dia 07 de Abril, às 21:30h.

14.  CAE(Conselho para Assuntos Económicos) – Reunião dia 08 de Abril, 21,30h.

15.  MMF(Movimento Mensagem de Fátima) – Reunião dia 09 de Abril, 09:00h.

16.  MOVA(Movimento Vida Ascendente) – Reunião dia 09 de Abril, às 15:30h.

17.  GEOP(Grupo Executivo de Obras Paroquias) – Reunião dia 09 de Abril, às 21:30h.

18.  Confissões Quaresmais: Na Matriz, dia 09 de Abril:

a.    Às 15:00h, para os Anciãos.

b.    ÀS 21,30h, para Adultos e Jovens.

19.  EPB(Equipa Paroquial de Baptismos) – Reunião dia 11 de Abril.

20.  Ala Nun’Álvares – Assembleia Geral Ordinária – no dia 10 de Abril, 21:00h na sua Sede-Edital Afixado nos locais habituais.

21.  Quem pensa Batizar Filhos, ou ser Padrinho/Madrinha, precisa aparecer sempre com muita antecedência: no mínimo 3 meses. A Bênção das Mães grávidas e a Bênção da Mãe e Filho depois do Parto, são momentos felizes da Preparação de toda a Família para o Batismo.

22.  Marcação de Casamentos para 2014 – Convém fazer já a marcação de todos os Casamentos para 2014. Agradecemos muito, que façam também a Marcação das bodas de Prata e Ouro para 2014, a partir desta data. Com antecedência para poderem fazer uma bela preparação pastoral. Dia 15 de Junho, em S. João da Madeira será o Jubileu diocesano dos Casais de 10, 25, 50 e 60 Anos de Matrimónio.

23.  Experiência de Fé com todos: Os momentos de doença, morte e luto são determinantes em todas as Famílias. A nossa Paróquia está a organizar-se para possibilitar Missa às Crianças, Adolescentes e Jovens na hora do Luto. Assim, dadas as novas situações do cartório paroquial, prevemos ter Missa à semana, às 19h, para que Crianças, Adolescentes e Jovens, participem no Sétimo Dia ou Trigésimo Dia dos seu Familiares. Uma expeirência de Fé em Família, como  o foi o sofrimento e a morte e é sempre o Luto. Estamos a estudar.

24.  Bênção dos Animais – no Santo António: Dia 15 de Junho, retomaremos a Bênção dos Animais, na Festa de Santo António, no Largo do Souto. Tantos os Animais de trabalho como de estimação. Os Escuteiro-Lobitos vão acolher e coordenar. Pedimos que sejam as Crianças a trazer os seus Animais domésticos.«Uma vez que segundo a providência divina do Criador, vários animais participam em certo modo da vida dos homens, servindo de auxílio aos seus trabalhos ou fornecendo alimento ou conforto, em determinadas ocasiôes, por exemplo na Festa de algum santo, pode-se conservar o costume de invocar a Bênção de Deus sobre ele…Os animais criados por Deus habitam no Céu, na Terra e no Mar, participam nas vicissitudes do género humano e associam-se à sua vida»(Cf. Ritual das Bênçãos, 721ss).

EM 2014

BÊNÇÃO DAS MÃES GRÁVIDAS EM 2 0 1 4

Sempre que solicitada. Caso não possa vir, também se pode fazer na Família. Em Comunidade temos:

*  04 de Maio, 19H– Na Matriz;            

*  07 de Setembro, 19H – Na Matriz;      

*  21 de Dezembro, 11H – Na Matriz.

B Ê N Ç Ã O   D A   M Ã E  E  D O   F I L H O,   A P Ó S   O   P A R T O   e m   2 0 1 4

Nos seguintes Domingos, na Igreja Matriz:

27/Abril=11h, na Igreja Matriz;     

25/Maio = 19H, na Igreja Matriz;     

22/Junho=11h, na Igreja Matriz;   

Agradecemos façam sempre inscrição prévia na Sacristia ou por mail. Facilita o acolhimento.

DOMINGO lV– A Tempo Quaresma –  EVANGELHO – Forma breve Jo 9, 1.6-9.13-17.34-38

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

Naquele tempo, Jesus encontrou no seu caminho um cego de nascença. Cuspiu em terra, fez com a saliva um pouco de lodo e ungiu os olhos do cego. Depois disse-lhe: «Vai lavar-te à piscina de Siloé»; Siloé quer dizer «Enviado». Ele foi, lavou-se e começou a ver. Entretanto, perguntavam os vizinhos e os que o viam a mendigar: «Não é este o que costumava estar sentado a pedir esmola?». Uns diziam: «É ele». Outros afirmavam: «Não é. É parecido com ele». Mas ele próprio dizia: «Sou eu». Levaram aos fariseus o que tinha sido cego. Era sábado esse dia em que Jesus fizera lodo e lhe tinha aberto os olhos. Por isso, os fariseus perguntaram ao homem como tinha recuperado a vista. Ele declarou-lhes: «Jesus pôs-me lodo nos olhos; depois fui lavar-me e agora vejo». Diziam alguns dos fariseus: «Esse homem não vem de Deus, porque não guarda o sábado». Outros observavam: «Como pode um pecador fazer tais milagres?». E havia desacordo entre eles. Perguntaram então novamente ao cego: «Tu que dizes d’Aquele que te deu a vista?». O homem respondeu: «É um profeta». Replicaram-lhe então eles: «Tu nasceste inteiramente em pecado e pretendes ensinar-nos?». E expulsaram-no. Jesus soube que o tinham expulsado e, encontrando-o, disse-lhe: «Tu acreditas no Filho do homem?». Ele respondeu-Lhe: «Quem é, Senhor, para que eu acredite n'Ele?». Disse-lhe Jesus: «Já O viste: é quem está a falar contigo». O homem prostrou-se diante de Jesus e exclamou: «Eu creio, Senhor». Palavra da salvação.

 

RUMO AO JUBILEU DOS CEM ANOS DE FÁTIMA

 

NESTA SEÇÃO, IREMOS COLOCANDO ALGUNS ITENS, RELATIVOS A NOSSA SENHORA, FÁTIMA E A VERDADEIRA DEVOÇÃO MARIANA, COMO CAMINHO PARA JESUS, NA IGREJA E NA EUCARISTIA.

E OUTROS SUBSÍDIOS DE VIVÊNCIA E PREPARAÇÃO

NESTE TRIÉNIO 2014-2015-2016.

 

Rogando ao Senhor, que o Papa proclame 2017 Ano Santo Mariano

______________________________________________________________________________

CAPÍTULO VIII da Constituição Dogmática sobre a IgrejaLumen Gentium(Luz  dos Povos), do Concílio Vaticano II:

A BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA MÃE DE DEUS NO MISTÉRIO DE CRISTO E DA IGREJA

III. A VIRGEM SANTÍSSIMA E A IGREJA

O influxo salutar de Maria e a mediação de Cristo

60. O nosso mediador é só um, segundo a palavra do Apóstolo: «não há senão um Deus e um mediador entre Deus e os homens, o homem Jesus Cristo, que Se entregou a Si mesmo para redenção de todos (1 Tim. 2, 5-6). Mas a função maternal de Maria em relação aos homens de modo algum ofusca ou diminui esta única mediação de Cristo; manifesta antes a sua eficácia. Com efeito, todo o influxo salvador da Virgem Santíssima sobre os homens se deve ao beneplácito divino e não a qualquer necessidade; deriva da abundância dos méritos de Cristo, funda-se na Sua mediação e dela depende inteiramente, haurindo aí toda a sua eficácia; de modo nenhum impede a união imediata dos fiéis com Cristo, antes a favorece.

A maternidade espiritual

61. A Virgem Santíssima, predestinada para Mãe de Deus desde toda a eternidade simultâneamente com a encarnação do Verbo, por disposição da divina Providência foi na terra a nobre Mãe do divino Redentor, a Sua mais generosa cooperadora e a escrava humilde do Senhor. Concebendo, gerando e alimentando a Cristo, apresentando-O ao Pai no templo, padecendo com Ele quando agonizava na cruz, cooperou de modo singular, com a sua fé, esperança e ardente caridade, na obra do Salvador, para restaurar nas almas a vida sobrenatural. É por esta razão nossa mãe na ordem da graça.

A natureza da sua mediação

62. Esta maternidade de Maria na economia da graça perdura sem interrupção, desde o consentimento, que fielmente deu na anunciação e que manteve inabalável junto à cruz, até à consumação eterna de todos os eleitos. De facto, depois de elevada ao céu, não abandonou esta missão salvadora, mas, com a sua multiforme intercessão, continua a alcançar-nos os dons da salvação eterna (185). Cuida, com amor materno, dos irmãos de seu Filho que, entre perigos e angústias, caminham ainda na terra, até chegarem à pátria bem-aventurada. Por isso, a Virgem é invocada na Igreja com os títulos de advogada, auxiliadora, socorro, medianeira (186). Mas isto entende-se de maneira que nada tire nem acrescente à dignidade e eficácia do único mediador, que é Cristo (187).

Efetivamente, nenhuma criatura se pode equiparar ao Verbo encarnado e Redentor; mas, assim como o sacerdócio de Cristo é participado de diversos modos pelos ministros e pelo povo fiel, e assim como a bondade de Deus, sendo uma só, se difunde variamente pelos seres criados, assim também a mediação única do Redentor não exclui, antes suscita nas criaturas cooperações diversas, que participam dessa única fonte.

Esta função subordinada de Maria, não hesita a Igreja em proclamá-la; sente-a constantemente e inculca-a aos fiéis, para mais intimamente aderirem, com esta ajuda materna, ao seu mediador e salvador.  ……………..  (Continua).

 

< anterior   Seguinte >
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol