J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
11-Informação Paroquial de 16 a 23 Março 2014 Imprimir EMail

INFORMAÇÃO  PAROQUIAL  16  a 23  MARÇO DE 2014

01.  Dia Paroquial da Bíblia 15 e 16-Festa da Palavra- Entrega da Biblia aos meninos do 4º ano de Catequese,na Missa das 16:30, do dia 15 na Matriz.

02.  Encontro das Famílias – 16 de Março, às 14:30h no Cimo da Serra.O tema” a Família na Igreja e no Mundo: a arte de Educar”será dado pelo Padre Rui Alberto, dos Padres Salesianos.

03.  Confraria das Almas- Reunião Extraordinária. Dia 17 de Março, às 21:30h.

04.  EPM-(Escola Paroquial Música) –Reunião dia 18 de Março, 21:30h

05.  Dia de S. José- Dia 19 de Março Eucaristia às 21:30h na Capela de S.José(Cimo da Serra, e Benção das Mães Grávidas.

06.  Ala de Nun’Álvares de Gondomar- Assembleia Geral dia 21 de Março, às 21:30h.Para eleição dos orgãos de governo para triénio 2014-2016. Ver Edital detalhado, nos locais habituais

07.  Pais de Catequese do 3º ano da Matriz-Reúnem dia 21, às 21:30h, na Matriz

08.  Pais da Escola Paroquial Musica-Reunião dia 21 de Março, ás 21:30h

09.  Retiro Movimento Mensagem de Fátima- Dia 22 de Março na Matriz - acolhimento às 09:30h e encerra com Eucarístia às 16:30h-Orienta Monsenhor Luciano Guerra-Programa dedicado Ano Pastoral de Fátima 2013-2014- Dedicado à Aparição de Julho.O tema escolhido é:«envolvidos no amor de Deus pelo mundo».Inspiração para o tema veio da própria oração que Nossa Senhora ensinou aos Pastorinhos em Julho.

10.  Centro de Aguiar –Alteração no horário da Eucaristia-Dia 23 de Março, Domingo a Eucaristia será às 08:00h .

11.  Benção – Mãe e filho Pós Parto.No Domingo dia 23  na Eucaristia das 11:00h,na Matriz.

 

ACONTECE PROXIMAMENTE – REGISTE JÁ E RESERVE DISPONIBILIDADE

12.  PPS(Pastoral Paroquial da Saúde) – Reunião dia 24 de Março,às 21:30h

13.  Rosário com as Famílias-Dia 25 de Março às 21:30h na Matriz

14.  CAE(Conselho Assuntos Económicos)-Reunião dia 25, às 21:30h

15.  Equipa Paroquial de Baptismos – Reunião dia 25 Março,às 21:30

16.  Pais 6º ano de Catequese de toda a Paróquia-Reúnem dia 28 de Março às 21:30h Cap. Ressur.

17.  Comissão Organizadora do Compasso-Reúne com os Responsáveis das Cruzes dia 28 às 21:30h

18.  Noite das Sopas -Tenda Amizade –Dia 29 de Março a partir das 18:00h – A  cargo dos Escuteiros,Venha conviver traga um amigo. O produto reverte a favor do Centro Paroquial

19.  Associação de Dadores de Sangue-Reúnem  dia 29 de Março, às 21:00 no Salão Paroquial.

20.  Quem pensa Batizar Filhos, ou ser Padrinho/Madrinha, precisa aparecer sempre com muita antecedência: no mínimo 3 meses. A Bênção das Mães grávidas e a Bênção da Mãe e Filho depois do Parto, é momento feliz para esta preparação. Próxima Bênção de Grávidas – 19 Março, em S. José às 21,30h

21.  Marcação de Casamentos para 2014 – Convém fazer já a marcação de todos os Casamentos para 2014. Agradecemos muito, que façam também a Marcação das bodas de Prata e Ouro para 2014, a partir desta data. Com antecedência para poderem fazer uma bela preparação pastoral

EM 2014

B ê n ç ã o    d a s    M ã e s    G r á v i d a s    e m    2 0 1 4

Sempre que solicitada.

E… Próxima:  19 de Março, 21,30H – Em S. José;      

B Ê N Ç Ã O   D A   M Ã E  E  D O   F I L H O,   A P Ó S   O   P A R T O   e m   2 0 1 4

Nos seguintes Domingos, na Igreja Matriz:

 23/Março = 11h, na Igreja Matriz;      27/Abril=11h, na Igreja Matriz;     

25/Maio = 19H, na Igreja Matriz;      22/Junho=11h, na Igreja Matriz;   

Agradecemos façam sempre inscrição prévia na Sacristia ou por mail, para facilitar o acolhimento.

DOMINGO ll – A Tempo Quaresma –  EVANGELHO  Mt 17, 1-9


Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus


Naquele tempo, Jesus tomou consigo Pedro, Tiago e João, seu irmão, e levou-os, em particular, a um alto monte e transfigurou-Se diante deles: o seu rosto ficou resplandecente como o sol e as suas vestes tornaram-se brancas como a luz. E apareceram Moisés e Elias a falar com Ele. Pedro disse a Jesus: «Senhor, como é bom estarmos aqui! Se quiseres, farei aqui três tendas: uma para Ti, outra para Moisés e outra para Elias». Ainda ele falava, quando uma nuvem luminosa os cobriu com a sua sombra e da nuvem uma voz dizia: «Este é o meu Filho muito amado, no qual pus toda a minha complacência. Escutai-O». Ao ouvirem estas palavras, os discípulos caíram de rosto por terra e assustaram-se muito. Então Jesus aproximou-Se e, tocando-os, disse: «Levantai-vos e não temais». Erguendo os olhos, eles não viram mais ninguém, senão Jesus. Ao descerem do monte, Jesus deu-lhes esta ordem: «Não conteis a ninguém esta  Palavra da salvação.

 

 

RUMO AO JUBILEU DOS CEM ANOS DE FÁTIMA

 

NESTA SEÇÃO, IREMOS COLOCANDO ALGUNS ITENS, RELATIVOS A NOSSA SENHORA, FÁTIMA E A VERDADEIRA DEVOÇÃO MARIANA, COMO CAMINHO PARA JESUS, NA IGREJA E NA EUCARISTIA.

E OUTROS SUBSÍDIOS DE VIVÊNCIA E PREPARAÇÃO

NESTE TRIÉNIO 2014-2015-2016.

 

Rogando ao Senhor, que o Papa proclame 2017 Ano Santo Mariano

 

_______________________________________________________________________

CAPÍTULO VIII da Constituição Dogmática sobre a IgrejaLumen Gentium(Luz  dos Povos), do Concílio Vaticano II:

A BEM-AVENTURADA VIRGEM MARIA MÃE DE DEUS
 NO MISTÉRIO DE CRISTO E DA IGREJA

II. A VIRGEM SANTÍSSIMA NA ECONOMIA DA SALVAÇÃO

A mãe do Redentor no Antigo Testamento

55. A Sagrada Escritura do Antigo e Novo Testamento e a venerável Tradição mostram de modo progressivamente mais claro e como que nos põem diante dos olhos o papel da Mãe do Salvador na economia da salvação. Os livros do Antigo Testamento descrevem a história da salvação na qual se vai preparando lentamente a vinda de Cristo ao mundo. Esses antigos documentos, tais como são lidos na Igreja e interpretados à luz da plena revelação ulterior, vão pondo cada vez mais em evidência a figura duma mulher, a Mãe do Redentor. A esta luz, Maria encontra-se já profeticamente delineada na promessa da vitória sobre a serpente (cfr. Gén. 3,15), feita aos primeiros pais caídos no pecado. Ela é, igualmente, a Virgem que conceberá e dará à luz um Filho, cujo nome será Emmanuel (cfr. Is. 7,14; cfr. Miq. 5, 2-3; Mt. 1, 22-23). É a primeira entre os humildes e pobres do Senhor, que confiadamente esperam e recebem a salvação de Deus. Com ela, enfim, excelsa Filha de Sião, passada a longa espera da promessa, se cumprem os tempos e se inaugura a nova economia da salvação, quando o Filho de Deus dela recebeu a natureza humana, para libertar o homem do pecado com os mistérios da Sua vida terrena.

Maria na Anunciação

56. Mas o Pai das misericórdias quis que a aceitação, por parte da que Ele predestinara para mãe, precedesse a encarnação, para que, assim como uma mulher contribuiu para a morte, também outra mulher contribuisse para a vida. É o que se verifica de modo sublime na Mãe de Jesus, dando à luz do mundo a própria Vida, que tudo renova. Deus adornou-a com dons dignos de uma tão grande missão; e, por isso, não é de admirar que os santos Padres chamem com frequência à Mãe de Deus «toda santa» e «imune de toda a mancha de pecado», visto que o próprio Espírito Santo a modelou e d'Ela fez uma nova criatura (175). Enriquecida, desde o primeiro instante da sua conceição, com os esplendores duma santidade singular, a Virgem de Nazaré é saudada pelo Anjo, da parte de Deus, como «cheia de graça» (cfr. Luc. 1,28); e responde ao mensageiro celeste: «eis a escrava do Senhor, faça-se em mim segundo a tua palavra» (Luc. 1,38). Deste modo, Maria, filha de Adão, dando o seu consentimento à palavra divina, tornou-se Mãe de Jesus e, não retida por qualquer pecado, abraçou de todo o coração o desígnio salvador de Deus, consagrou-se totalmente, como escrava do Senhor, à pessoa e à obra de seu Filho, subordinada a Ele e juntamente com Ele, servindo pela graça de Deus omnipotente o mistério da Redenção. por isso, consideram com razão os santos Padres que Maria não foi utilizada por Deus como instrumento meramente passivo, mas que cooperou livremente, pela sua fé e obediência, na salvação dos homens. Como diz S. Ireneu, «obedecendo, ela tornou-se causa de salvação, para si e para todo o género humano» (176). Eis porque não poucos, Padres afirmam com ele, nas suas pregações, que «o no da desobediência de Eva foi desatado pela obediência de Maria; e aquilo que a virgem Eva atou, com a sua incredulidade, desatou-o a virgem Maria com a sua fé» (177); e, por comparação com Eva, chamam Maria a «mãe dos vivos»(178) e afirmam muitas vezes: «a morte veio por Eva, a vida veio por Maria» (179).

Maria na infância de Jesus

57. Esta associação da mãe com o Filho na obra da salvação, manifesta-se desde a conceição virginal de Cristo até à Sua morte. Primeiro, quando Maria, tendo partido solicitamente para visitar Isabel, foi por ela chamada bem-aventurada, por causa da fé com que acreditara na salvação prometida, e o precursor exultou no seio de sua mãe (cfr. Luc. 1, 41-45); depois, no nascimento, quando a Mãe de Deus, cheia de alegria, apresentou aos pastores e aos magos o seu Filho primogénito, o qual não só não lesou a sua integridade, mas antes a consagrou (180). E quando O apresentou no templo ao Senhor, com a oferta dos pobres, ouviu Simeão profetizar que o Filho viria a ser sinal de contradição e que uma espada trespassaria o coração da mãe, a fim de se revelarem os pensamentos de muitos (cfr. Luc. 2, 34-35). Ao Menino Jesus, perdido e buscado com aflição, encontraram-n'O os pais no templo, ocupado nas coisas de Seu Pai; e não compreenderam o que lhes disse. Mas sua mãe conservava todas estas coisas no coração e nelas meditava (cfr. Luc. 2, 41-51).

 

< anterior   Seguinte >
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol