J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
04-Informação Paroquial de 26 Janeiro a 02 de Fevereiro 2014 Imprimir EMail

INFORMAÇÃO  PAROQUIAL  26 DE JANEIRO a  02  FEVEREIRO  a  DE 2014

01.  Dia Mundial do Leproso – dias 25 e 26 de Janeiro – Peditório para a APARF(Associação Portuguesa Raul Follereau), pelas ruas da nossa Cidade.

02.  Festa de S.Vicente Diácono e Mártir- Dia 26 de Janeiro, Missa 11horas, na Capela Monte Crasto.

03.  Bênção das Mãe Filhos depois do Parto – Matriz de Gondomar, Dia 26 de Janeiro, 11h.

04.  CAE(Conselho Assuntos Económicos) e 3 Confrarias, + GAC e GEOP. Visita guiada à nossa Igreja e formação, Dia 28 de Janeiro, 21,30h.

05.  Curso Iniciação à Catequese – Inicia Dia 28 de Janeiro na Igreja S.Cosme - 21:30h.

06.  MCC(Movimento Cursilhos de Cristandade) – 38.º Aniversário da Ultreia de Gondomar, Dia 30 de Janeiro, 21,30h, nos Capuchinhos.

07.  Acolhimento aos Noivos – Dia 31 de Janeiro, 21,30h – No Salão Paroquial.

08.  Jornada Diocesana da Família em Vilar: Dia 01 Fevereiro, Inicio às 09,00h. Para Pais e Filhos.

09.   Apresentação do Senhor e Bênção das Velas:

a.    Sábado, dia 01 de Fevereiro, nas Missas Vespertinas das 16,30h e 19h.

b.    Domingo, dia 02 de Fevereiro, nas Missas da Matriz.

c.    Bênção das Crianças que ainda não andam na Catequese – Dia 02 Fever.16h, na Matriz

10.  DIREITOS PAROQUIAIS – Todas as Famílias cristãs participam na missão da Igreja, pagando os Direitos Paroquiais. É uma obrigação anual de todas as Famílias. Em Portugal, está indicado a partilha em todas as Eucaristias, nas Campanhas e sempre que solicitados. Além disso os Direitos Paroquiais, para quem puder: um Dia de Rendimento da Família para a Comunidade. Quem não puder, ou precisar de apoio, estará totalmente à vontade propondo a situação.

ACONTECE PROXIMAMENTE – REGISTE JÁ E RESERVE DISPONIBILIDADE

 

11.  S. Brás – Dia 03 de Fevereiro - Missa às 09:30h na Capela de Santo António.

12.  Direção Agrupamento Escuteiros – Reúnem dia 3 de Fevereiro às 21:30h.

13.  Leitores-Reunião dia 3 de Fevereiro às 21:30h

14.  Confraria Monte Crasto – Reunião dia 3 Fevereiro, às 21:30h

15.  Reunião SPEC – Dia 4 de Fevereiro 21:30h, na Igreja Matriz.

16.  Confissões Para 1ª Sexta-Feira – dia 5 de Fevereiro  às 15h na Igreja Matriz :

17.  Comissão Organizadora do Compasso – Reunião dia 5-02, às 21:30h(Casa Fernando Morentães).

18.  Marcação de Casamentos para 2014 – Já podem fazer a marcação de todos os Casamentos. Agradecemos muito, que façam também a Marcação das bodas de Prata e Ouro para 2014, a partir desta data. Com antecedência para poderem fazer uma bela preparação pastoral.

19.  Quem pensa Batizar Filhos, ou ser Padrinho/Madrinha, precisa aparecer sempre com muita antecedência: no mínimo 3 meses. A Bênção das Mães grávidas e depois do Parto, é momento feliz para esta preparação. A Bênção após o Parto, para Mãe e Filho, é também um momento necessário na preparação do Sacramento do Batismo. Próxima Bênção de Grávidas – 19 Março.

 

EM 2014

B ê n ç ã o    d a s    M ã e s    G r á v i d a s    e m    2 0 1 4

Sempre que solicitada.

E… Próxima:  19 de Março, 21,30H – Em S. José;      

B Ê N Ç Ã O   D A   M Ã E  E  D O   F I L H O,   A P Ó S   O   P A R T O   e m   2 0 1 4

Nos seguintes Domingos, na Igreja Matriz:

26/Janeiro=11h;     23/Fevereiro=11h, na Igreja Matriz;  

23/Março=11h, na Igreja Matriz;      27/Abril=11h, na Igreja Matriz;     

25/Maio = 19H, na Igreja Matriz;      22/Junho=11h, na Igreja Matriz;   

Agradecemos façam sempre inscrição prévia na Sacristia

ou por mail, para facilitar o acolhimento.

DOMINGO III – Tempo Comum – A   EVANGELHO

Forma longa Mt 4, 12-23 – Domingo 26 - 01


Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Mateus

Quando Jesus ouviu dizer que João Baptista fora preso, retirou-Se para a Galileia. Deixou Nazaré e foi habitar em Cafarnaum, terra à beira-mar, no território de Zabulão e Neftali. Assim se cumpria o que o profeta Isaías anunciara, ao dizer: «Terra de Zabulão e terra de Neftali, estrada do mar, além do Jordão, Galileia dos gentios: o povo que vivia nas trevas viu uma grande luz; para aqueles que habitavam na sombria região da morte, uma luz se levantou». Desde então, Jesus começou a pregar: «Arrependei-vos, porque está próximo o reino dos Céus». Caminhando ao longo do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André, que lançavam as redes ao mar, pois eram pescadores. Disse-lhes Jesus: «Vinde e segui-Me e farei de vós pescadores de homens». Eles deixaram logo as redes e seguiram-n’O. Um pouco mais adiante, viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João, que estavam no barco, na companhia de seu pai Zebedeu, a consertar as redes. Jesus chamou-os e eles, deixando o barco e o pai, seguiram-n’O. Depois começou a percorrer toda a Galileia, ensinando nas sinagogas, proclamando o Evangelho do reino e curando todas as doenças e enfermidades entre o povo.

Palavra da salvação.

 

RUMO AO JUBILEU DOS CEM ANOS DE FÁTIMA

 

NESTA SEÇÃO, IREMOS COLOCANDO ALGUNS ITENS, RELATIVOS A NOSSA SENHORA, FÁTIMA E A VERDADEIRA DEVOÇÃO MARIANA, COMO CAMINHO PARA JESUS, NA IGREJA E NA EUCARISTIA. E OUTROS SUBSÍDIOS DE VIVÊNCIA E PREPARAÇÃO NESTE TRIÉNIO 2014-2015-2016.

Rogando ao Senhor, que o Papa proclame 2017 Ano Santo Mariano

 

 

UM DIA DE RETIRO COM AMENSAGEM DE FÁTIMA  EM GONDOMAR

 

No Próximo Dia 22 de Março teremos na nossa Paróquia UM DIA DE RETIRO COM AMENSAGEM DE FÁTIMA.

Orienta o Monsenhor Dr. Luciano Guerra, antigo Reitor do Santuário de Fátima.

Vamos participar, inscrevendo-nos, podendo até almoçar na Tenda.

 “Envolvidos no Amor de Deus pelo Mundo”, orientado pelo Monsenhor Doutor Luciano Guerra

Tema: Envolvidos no Amor de Deus pelo Mundo. Que é o tema do Ano 2014.

Público a quem se dirige: Grupo da Mensagem de Fátima e restantes Elementos desta Paróquia e das vizinhas. Convite especial às três Confrarias e Jovens

PROGRAMA:

09,30h – Acolhimento

10,00h – Oração da Manhã

10,30h – Primeira Palestra

11,30h – Intervalo

12,00h – Adoração

13,00h – Almoço

14,30h – Segunda Palestra

15,30h – Plenário, Perguntas e Respostas

16,30h – Eucaristia de Encerramento

Possibilidade de Almoço na Paróquia/Tenda da Amizade

Sopa: 0,50€

Prato e Sobremesa: 3,50€. Em regime de “self-service”

Prazo de Inscrição: Até 16 de Março

__________________________________________________________________________

Catolicismo Português e Fátima,

Carlos A. Moreira Azevedo

É exercício para a imaginação perceber como seria o catolicismo português sem Fátima. Talvez mais disperso e sem vincada consciência nacional? Mais racionalista e mais enfraquecido nas expressões sensíveis e menos materno e mariano na afeição do sentimento religioso?

O catolicismo português convive com o fenómeno de Fátima em relações que poderia caracterizar por quatro atitudes essenciais: aceitação, influência, resistência e renovação.

      A primeira relação que se estabeleceu entre o catolicismo português dos princípios do século XX e as aparições de Fátima podemos chamar-lhe de aceitação. Aceitação dos pastorinhos que acolhem os sinais de uma presença no contexto do seu mundo religioso, nos limites infantis da sua iniciação católica deficiente e doutrinalmente rudimentar, bem como na admiração estupefacta de uma forte experiência espiritual, de que beneficiavam, sem plenamente entender o alcance.

Aceitação também dos católicos portugueses a quem paulatina e gradualmente a notícia conquista. A tendência para exaltar o maravilhoso, própria da religião natural e as aflições sociais e os sofrimentos de tempos conturbados para a Igreja católica são terreno favorável para a aceitação enquanto não chega a aprovação da hierarquia que confirma os factos ocorridos como integrados na mensagem cristã e sem elementos que contradigam a revelação de Deus, plenamente anunciada e acontecida em Jesus Cristo. A maioria dos católicos aceitou e integrou o evento das aparições no seu mundo religioso. Fátima foi um dom acolhido por corações disponíveis para o Mistério. O que temos feito desse dom como católicos portugueses?

      A segunda atitude na relação apelido-a de influência. Aqui incluo vários elementos: por um lado, a leitura que sofreu a experiência fundadora por parte da mentalidade católica portuguesa, as valorizações políticas da mensagem, as contra-propostas dos confrontos ideológicos envolventes, as interpretações espirituais sobre os videntes, realizadas em momentos teológicos anquilosados e pobres. Por outro lado, assinalo a influência que o fenómeno de Fátima exerce sobre o catolicismo das comunidades cristãs do país. À imagem do que se vive em Fátima multiplicam-se, por mimetismo, práticas religiosas, procissões, formas de rezar o terço, veneração de imagens, cânticos ouvidos. E ainda, alargando esta relação de influência, seria de registar o impacto notável que proporciona na vida dos cristãos a existência de Fátima. Aí tantos encontram confiança total para enfrentar a vida, olhando Maria como consoladora dos aflitos e muitos experimentam a gratidão reconhecida pela realidade da sua presença e companhia, intercessão e esperança em horas difíceis. Fátima é o maior contributo para vivenciar a emoção religiosa e vibrar com o peso de uma multidão orante e peregrina.

      A terceira atitude classifiquei-a de resistência. Explico-me. As sucessivas fases do catolicismo são também fases da história da Fátima. Aconteceu a purificação dos exageros penitenciais menos coerentes com o Evangelho de Jesus, a insistência na conversão como dinâmica essencial da vida cristã, o santuário como espaço de silêncio contemplativo e lugar de referência para refazer as energias do espírito. Fátima resistiu aos sucessivos modos de encarar a fé cristã, adaptou-se à perspectiva conciliar sobre Maria e seu papel na espiritualidade cristã, com resistência capaz de atender às mudanças. Será que tem prevalecido a navegação na corrente de pendor fatalista e tradicionalista, resistindo a ampliar a visão do nosso olhar ao que Maria diz à Igreja em cada hora da sua história?(Continua…)

< anterior   Seguinte >
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol