J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Apreciação pós-Missão-Palavra do Pároco Imprimir EMail

Viver e Anunciar o Evangelho em Comunidade

Com a Bíblia na mão

e o Deus da Bíblia no Coração,

Gondomar em Missão

«Não há dúvida que o primado da santidade e da oração só é concebível a partir duma renovada escuta da Palavra de Deus…Consolidar e aprofundar a difusão do livro da Bíblia nas famílias. De modo particular é necessário que a escuta da Palavra se torne encontro vital, segundo a antiga e sempre válida tradição da “Lectio divina”: esta permite ler o texto bíblico como palavra viva que interpela, orienta e plasma a existência»(João Paulo II, NMI,39).

            Em sintonia com as preocupações da Igreja Universal, que são também as da nossa diocese do Porto – Dinamização bíblica de toda a Pastoral, formando grupos bíblicos nas paróquias – a Paróquia de Gondomar/S. Cosme e Damião viveu um verdadeiro Pentecostes, uma aurora primaveril, que mais parecia uma Páscoa antecipada.

            Durante dias, Famílias, Crianças e Jovens, Idosos e Doentes, vivemos um verdadeiro “vendaval do Espírito”. «As vossas Palavras, Senhor, são Espírito e Vida». Foi este Espírito que a todos aqueceu o coração, inundou de línguas as nossas casas e deixou um suave aroma… de fome e sede de Encontro: com o Deus da Palavra, com os Vizinhos, com os amigos, em Comunidade.

            Foram responsáveis pela Missão o  Frei António Martins, OFMC, e Pároco do Amial e Frei Dino Costa, OFMC, Jovem sacerdote, dos Capuchinhos de Gondomar.

            Esta Missão assinalou também as Bodas de Ouro da Difusora Bíblica, e da Revista Bíblica, dos Capuchinhos. Esta feliz efeméride foi lembrada no dia exacto – 25-02-2005 -  aqui em Gondomar, onde esteve a pregar o actual Director, Frei Machado.

A Equipa Missionária era composta por sete sacerdotes capuchinhos e um irmão, sete religiosas missionárias franciscanas de Nossa Senhora, uma religiosa das irmãs da caridade do sagrado Coração de Jesus e o Casal Marques de Coimbra com o Pároco. 

            A preparação deste tempo de graça, situá-lo na Caminhada Pascal, sonhá-lo como um memorial intemporal e fecundo na história desta Comunidade; as lutas para arrancar com a pré-missão, aquela experiência tão fraterna e feliz por estarem todos os carismas e Centros da Paróquia envolvidos, foi “instante” feliz a consolidar a nossa caminhada pascal para a eternidade.

A Missão começou com uma Procissão de Velas: Esplendorosa manifestação de fé e beleza, com mais de duas mil quinhentas pessoas, num movimento de caminhada convergente, velas na mão, amparados pela Mãe, a Mulher revestida de sol, com a Lua e as estrelas por perto.

A Caminhada Jovem ou o Encontro dos Doentes e Idosos, marcaram aquele Sábado.

A experiência inédita das Assembleias familiares Vida e Bíblia. Cerca de cento e  trinta Famílias, animando cerca de mil e oitocentas pessoas, no próprio lar, à volta da Palavra de Deus na harmonia dos irmãos. Esta foi a maior riqueza e desafio da Missão Bíblica. No final, na grande Assembleia de todas as Assembleias, ficou o compromisso de todas continuarem, prolongarem e aprofundarem este encontro vital com Deus, através da Bíblia lida e acolhida no seio das nossas Famílias.

Aos oito dias, voltamos às Ruas e Caminhos da Cidade dos Homens, numa «via-sacra», de todos os Centros até à Ressurreição do Senhor, no Largo João Paulo II. Os Jovens deram o mote, recriando em cada Centro um quadro bíblico na primeira estação. E foi ainda a juventude a encenar o Calvário e a Ressurreição, actualizando para nós a vitória de Jesus sobre todos os inimigos, principalmente a morte.

No último Sábado, foi a vez da Catequese dos sete Centros se reunir, cantar, festejar e louvar: com a Bíblia na mão e o Deus da Bíblia no coração. Todos experimentamos como Deus estava ali naquelas duas mil e trezentas Crianças, Adolescentes e Jovens.  À noite na Conferência “Bíblia e Ciência – Fé e Cultura”, fomos alertados para a importância de acolhermos a revelação de Deus através das diferentes culturas.

No Domingo do Encerramento, perante uma enorme e maravilhosa Assembleia D. António Taipa, deixava-nos a Palavra final:«Fizestes uma aproximação da Bíblia, não simplesmente como a um livro, um livro que é belo e maravilhoso, mas como Palavra de Deus que ela é essencialmente. É nela e por ela que o Pai nos vem falar como seus amigos. Aqui nos iniciamos na vida da própria Santíssima Trindade. Daquela comunhão e relação amorosa do Pai e do Filho e do Espírito Santo».

A Missão teve o seu ponto alto na Bênção que o senhor Bispo deu com a Bíblia da Missão, para agora continuarmos e na largada de centenas de Balões anunciando que é urgente «viver e anunciar o Evangelho em Comunidade».

A Missão surge como «missão» e Missão bíblica. Como necessidade aqui sentida, perante o fenómeno «Nova Era» e a Prioridade para este Milénio apontada pelo Papa. Em ordem a uma Dinamização bíblica de toda a pastoral, segunda a Prioridade da nossa diocese para  formamos, na Comunidade, Grupos Bíblicos de leitura crente e orante da Bíblia, no seio das Famílias.

Refontalizar a nossa Cultura e recuperar a força e dinamismo da simbólica bíblica numa instrução concreta e iniciática para uma mundividência cristã.

                                    Paróquia de Gondomar, 27-02-2005

                                                           O Pároco: P. Alípio Barbosa

 

< anterior   Seguinte >

Noticias da Actualidade

Estatísticas desde JAN/05

Visitantes: 21893580

Utilizadores Online

Temos 109 anónimos online
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol