J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Início do Centro Paroquial-1.ª Fase, Benção do Local Imprimir EMail

PALAVRA DO PÁROCO, NA BENÇÃO,

APÓS A LEITURA AOS CORINTIOS(1Cor.3,9-11)

 

«Ninguém pode pôr outro alicerce, além do que está posto: Jesus Cristo»(1 Cor 3,11)

 

Caros Paroquianos, excelentíssimas Autoridades, senhor Empreiteiro, dedicados servidores, Amigos e Benfeitores do Centro Paroquial:

Ontem foi uma Missa, com toda a Catequese paroquial. Tal como os nossos ilustres antepassados, ao descobrirem novas Terras e Povos, logo celebravam Missa, para significar que só com Deus aquele empreendimento teria sucesso. De facto, só Jesus Cristo é o alicerce duma civilização, duma cultura, duma sociedade em que as Pessoas podem viver como Irmãos.

Como está no marcador memória que vão receber, Jesus Cristo é o Alfa e o Ómega, o Princípio e  Fim de todas as coisas. Ele e só Ele é a plenitude, o sentido mais belo e feliz da nossa vida. Se é o Passado – alicerce – e Futuro – nossa Esperança e nossa meta – Ele é também o nosso Presente. Hoje aqui para nós e connosco. O nosso Centro Paroquial é um instante neste caminho de Deus, com Deus e para Deus.

Hoje colocamo-nos sob a Bênção de Jesus Cristo. Queremos reconhecê-l’O como um maravilhoso presente, nesta corrente de amizade, partilha e comunhão que nos trouxe aqui. Reconhecê-l’O vivo, presente, inspirador e animador desta Paróquia, das nossas Ilustres Autoridades, aqui presentes. Jesus Cristo, vivo e actuante em todos os Movimentos, Organismos e Centros Paroquiais, nas digníssimas Instituições, Associações e Organismos Cívicos da nossa Cidade, a quem eu saúdo com cordial estima e amizade. Todos nós, trabalhamos para o Bem Comum, com amor e ardor para edificarmos um Mundo melhor: mais amigo, mais justo, mais fraterno, mais santo. Jesus Cristo, está presente.

 

Com a Bênção do Local da Obra, queremos confiar a Jesus Cristo, todos os trabalhadores: Arquitecto Sarabando, MSS Construtora, CGF, Fiscalização, aos benfeitores, amigos e servidores. Para que as obras decorram com segurança. E por todos aqueles que hão-de passar por aqui. Que este Centro Paroquial seja sempre – agora e no futuro – ocasião e motivo de Unidade e Comunhão paroquial, de sermos mais e melhor Comunidade cristã, de pessoas que se amam, entreajudam e edificam uma cultura, uma civilização da Vida, da Esperança, e do Amor.

 

Hoje, o nosso coração volta-se para Deus. A Ele agradecemos e confiamos o caminho vencido e o que falta percorrer. Esta é e será sempre uma Obra da Fé, fruto e semente de vida comunitária. Hoje é momento de alegria, mas a Festa será só na inauguração de todo o Centro.

Toda a Paróquia aqui representada, nos seus Movimentos, Organismos e Centros Paroquiais, as Exmas Autoridades, as Associações e Organismos cívicos aqui presentes, vamos realizar este sonho.

Uma Palavra especial para a nossa Câmara na pessoa do seu Presidente, Sr. Major Valentim Loureiro: foi, desde a primeira hora um amigo e apoiante incondicional. No protocolo que fez, essa ajuda tão importante, na atenção e empenho na Licença e pela sua palavra amiga e encorajadora. O sr. Presidente sempre reconheceu e apoiou a valorização histórica, arquitectónica e urbanística desta área da Cidade e os serviços sócio-culturais e espirituais aqui prestados, essenciais para a humanização da sociedade.

 

Com a fé, com a dedicação de tantos e tantas servidores intrépidos, dentro de pouco tempo, estaremos aqui para inaugurar o Centro Paroquial. Novo, completo, belo, acolhedor ao serviço de toda a Cidade.

Hoje, brota deste Local, um convite, um brado, um grito a toda a Paróquia, às Famílias, aos Paroquianos com mais posses e bens, a todos sem excepção, para mostrarmos mais uma vez a fibra, a raça, a boa estirpe deste Povo cristão e nobre de Gondomar, Terra Consagrada. Ninguém pode ficar de fora, qual espectador, comentador ou treinador de bancada. Para isso Vamos lançar a LAC Liga dos Amigos do Centro, para toda a gente. Todos somos chamados a cooperar, cada um segundo as suas posses. Todos somos necessários. Vamos nós próprios envolver e mobilizar toda a Freguesia. Essa é a grande meta: Edificar Comunidade. O resto, a partilha de bens, o serviço voluntário, o Dinheiro que precisamos para concluir, virá por consequência.

 

Deus abençoe e conceda os seus dons a todos os presentes. Bem hajam, todos. A nossa gratidão e o pedido que continuem, agora com redobrado entusiasmo. Todos unidos, faremos maravilhas, pela nossa Terra.

                                        Domingo, 17 de Junho de 2007

                                        O Pároco: P. Alípio Barbosa

 

< anterior   Seguinte >

Noticias da Actualidade

cURL error 7: Failed to connect to www.agencia.ecclesia.pt port 80: Connection refused

cURL error 7: Failed to connect to www.news.va port 80: Connection refused

Estatísticas desde JAN/05

Visitantes: 10818000

Utilizadores Online

Temos 16 anónimos online
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol