J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
11-Informação Paroquial de 13 a 20 de Março 2016 Imprimir EMail

                                    

                                      INFORMAÇÃO  PAROQUIAL DE  13  A  20 DE MARÇO 2016

 

01.  Centro Aguiar –Alteração horário Missa dia 13 de Março – Neste Domingo,será às 08:00h

 

02.  Confraria do Rosárioe  MMF(Movimento Mensagem de Fátima).Renovação de Compromissos,tomada de posse da Nova Direção dia 13 de Março na Missa das 11h na Matriz.

 

03.  Filme sobre Nsa. Senhora – Domingo, dia 13 de Março às 15:30h, no salão paroquial.

 

04.  MMF(Movimento Mensagem de Fátima). Oração do Rosário dia 13 de Março,  às 18:15h na Matriz.

 

05.  Coral Ala Nun’Alvares – Ensaios para preparar a Semana Santa: dias 1 e 15 Março, ás 21:30h na Capela Ressurreição. Convidamos outros Coros a participar. A Páscoa é a Festa da União e da Vida. Compareçam.

 

06.  Monte CrastoMissa em Acção de graças a Nsa. Senhora, Segunda, dia 14 Março, 8:30h.

 

07.  Peregrinação Paroquial à India- Reunião dia 14 de Março às 21:30h no Salão Paroquial.

 

08.  Confraria das Almas – Reúnem dia 14 de Março às 21:30h.

 

09.  Ensaio coro Vicarial –Dia 14 de Março às 21:30h, Capela da Ressurreição

 

10.  Reunião de Pais e Padrinhos para Batismo – Dia 15 de Março, 21:30h. Com as Famílias preparando o Batismo.

 

11.  COMISSÃO DO JUBILEU FÁTIMA 2017 – Reúne Dia 15 de Março, 21,30h – Salão paroquial. Quem não puder faça-se representar, sem falta,pf.

 

12.  CAE(Conselho Assuntos Económicos) - Reúnem dia 17 de Março às 18:30h

 

13.  SANTISSIMO EXPOSTO TODO O DIA NA IGREJA PAROQUIAL: Todas as Quintas Feiras, temos Missa às 08,30h seguindo-se exposição do Santíssimo até às 22,30h.Nesta Quinta – feira, dia 17 de Março por estarmos em Confissões na Igreja Matriz, não haverá Oração Comunitáira às 15h e 21,30h. O Encerramento será pelas 22:15h.

 

14.  Confissões Quaresmais na Matriz: Dia 17 de Março

·         Para Anciãos e quem puder às 15:00h

·         Para Catequese e Famílias em Geral às 21:30h

·         Para a Infância e Adolescência dia 21 de Março às 09:30h

 

15.  Catequese 3ºano – reunião com todos os Pais do 3º ano Catequese de toda a Paróquia, dia 18 de Março, às 21h30, na Capela de Ressurreição.

 

16.  Triduo de preparação para dia de S. José – DIA DO PAI - Dias 16 a 18, às 21h30, Eucaristia Solene em honra de S. José (Dia do Pai) 19 de Março, às 19:00h na Capela de S. José. Estamos convidados pelo Centro de S. José a participar e partilhar estes momentos de oração .

 

17.  Comissão Organizadora do Compasso – Reunião com todos os  Elementos das Cruzes, dia 18 de Março às 21:30h, na Matriz.

 

18.  A nossa Igreja do Porto recebe um Novo Bispo Auxiliar: do nosso Presbitério: D. António Augusto Azevedo, Reitor do Seminário Maior. Graças a Deus. Desejamos-lhe feliz Missão, na alegria do Evangelho. Deixando o Seminário de Nossa Senhora da Conceição para a Diocese e a Igreja Universal. Convidam-se todos os cristãos a participar na sua Ordenação Episcopal – Dia 19 de Março, às 15,30h – Na Sé do Porto.

 

19.  CPV (Conselho Pastoral Vicarial) – Reunião, dia 21 de Março, às 21h30: Centro Pastoral de S. Cosme.

 

20.  CONTRIBUTO PENITENCIAL 2016 – Como habitualmente no Póximo Fim de Semana – SEMANA DOS RAMOS – RECOLHEMOS TODAS AS RENÚNCIAS DAS FAMÍLIAS, CATEQUESES E JOVENS, para entregar na Diocese. Este Ano para o Fundo Diocesano. Auxílio aos que mais precisam.

 

21.  JEJUM, PENITÊNCIA, ABSTINÊNCIA – O QUE É?Carregue Aqui para Saber

22.  QUARESMA 2016 NA NOSSA IGREJA DO PORTOPratica a misericórdia, com alegria! (Rom.12.8) - Felizes os misericordiosos! (Mt.5,7) – Neste Caminho da alegria do Evangelho – Nossa Missão, viveremos esta Quaresma da Misericórdia, na Reconciliação e Prática das Obras de Misericórdia com Alegria. Em cada Semana da Quaresma, somos todos convidados, na Família, Catequese e Comunidade a experimentar em nós e nos irmãos uma Obra de Misericórdia Corporal e uma Oração específica.

 

 

ACONTECE PROXIMAMENTE – REGISTE JÁ E RESERVE DISPONIBILIDADE

23.  SAGRADO TRIDUO PASCAL 2016

 

Quinta-feira Santa, dia 24 de Março, de manhã Missa Crismal na Sé do Porto, onde todos os Sacerdotes, com o seu Bispo renovam os seus compromissos de obediência ao Bispo e serviço ao Povo de Deus. Aí são consagrados os santos Óleos, que depois vão para todas as Paróquias.

 

Quinta-feira Santa, dia 24 de Março, à noite

Às 21,30h – Na Matriz, Missa da Ceia do Senhor com Lava-Pés. Depois a trasladação do Senhor. Segue-se Adoração silenciosa até às 24h.

 Inicia o Sagrado Tríduo Pascal e o Jejum próprio destes dias. NÃO HÁ MISSA ÀS 08,30H.

a.    Sexta-feira Santa, dia 25 de Março – Primeiro Dia do sagrado Tríduo Pascal.

Dia de Jejum e Abstinência.

                                  i.    Às 15h – Celebração da Paixão e Morte do Senhor na Matriz. Faremos aí o Ofertório. Ao ir oscular a santa Cruz, deixamos aí a nossa dádiva para auxílio dos nossos Irmãos Cristãos Mártires e perseguidos, no Médio Oriente especialmente na Terra Santa.

 

                                ii.    À Noite, 21,30h – Via Sacra Comunitária, de cada Centro, passando pela Matriz a terminar no Calvário. Famílias, Jovens, Catequese, vamos todos participar.

 

b.    Sábado Santo, dia 26 de Março – Segundo Dia do sagrado Tríduo Pascal. Dia de Silêncio e espera do Senhor. Deverá prolongar-se aqui o Jejum e Abstinência. NÃO É SÁBADO DE ALELUIA, MAS SÁBADO SANTO!

 

                                  i.    Às 21,00h – Vigília Pascal, com a Bênção do Lume Novo, da Água Lustral, Envio do Compasso.

 

c.    Domingo da Ressurreição, dia 27 de Março – Terceiro Dia do sagrado Tríduo Pascal. O Maior Dia de Alegria e Festa dos Cristãos.

 

Missas nos Horários habituais, na Matriz:

1.    07,30h; 09,30h; 11.00h.

2.    19,00h – Missa Solene do Recolher do Compasso.

 

24.  Bênção de Mãe e Filho Pós Parto – Domingo 27 de Março, às 11h na Matriz.

 

25.  PPS(Pastoral Paroquial da Saúde – Reunião dia 28 de Março, às 21:30h.

 

26.  Assembleia Geral da Confraria Monte Crasto – Dia 01 de Abril, às 21:00h No Salão Nobre desta Confraria.

 

27.  Peregrinação Vicarial à Sé – A Vigararia de Gondomar realizauma Peregrinação a pé à Sé Catedral do Porto dia 03 de Abril. Concentração às 14.00h na Igreja de S. Cosme, Transporte de regresso de Autocarro através de marcação. Inscrições feitas na sua respectiva Paróquia. Na Paróquia de S.Cosme esta inscrição deverá ser feita : na Igreja Matriz (S.Cosme), e também em todos os Centros.

 

28.  Festa de Santo Isidoro Monte Crasto – dia 3 de Abril(Domingo) – Solene Eucaristia às 10:00 – Seguida de Procissão à volta da Capela.

 

29.  SPEC(Secretariado Paroquial Educação Cristã)Reúne dia 05 de Abril, 21:30h no Taralhão.

 

30.  EPM(Escola Paroquial Musica) – Reúne com a direção, dia 6 de Abril às 21:30h.

 

31.  Confraria do Rosário – Reúnem dia 7 de Abril, 21:30h.

 

32.  Reunião com todos os Pais do 6º ano de Catequese de toda a Paróquia – Dia 8 de Abril, às 21:30h. Capela da Ressurreição.

 

33.  SANTISSIMO EXPOSTO TODO O DIA NA IGREJA PAROQUIAL: Todas as Quintas Feiras, temos Missa às 08,30h seguindo-se exposição do Santíssimo até às 22,30h.Durante o Ano da Misericórdia, estão dois Sacerdotes na Igreja Jubilar da Vigararia, Matriz de S. Cosme, para Atendimento espiritual, Reconciliação, Diálogo espiritual ou simples Aconselhar, desabafar ou partilhar a vida. Das 09h às 11h

 

34.  Jubileu dos Frágeis –Domingo, 17 de Abril – 15h, No Europarque de Santa Maria da Feira. Os Ministros da Comunhão, Vicentinos, Mensagem de Fátima e Pastoral Paroquial da Saúde fazem a a Inscrição. Ou na Matriz. Em Ano da Misericórdia, vamos todos à Peregrinação Diocesana com os Frágeis, pelo que não teremos o Dia Paroquial do Doente: é substituído por este  Jubileu dos Frágeis.

 

35.  Confraria Santo Isidoro Nossa Senhora da Lapa Monte Crasto - Reúnem em Assembleia Geral dia 1 Abril, às 21:00h, na casa da Confraria.

35.A - JUBILEU DOS JOVENS E DOS ESCUTEIROS NA DIOCESE DO PORTO  - Dia 23 de Abril, Dia de S. Jorge, Todo o Dia - Em Gondomar: no Pavilhão Multiusos, com a IMAGEM PEREGRINA DE NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

 

36.  Dia Diocesano da Família – Jubileu da Família: Dia 24 de Abril, noPalácio de Cristal, 15h. Para todos os Casais que durante 2016 fazem 10, 25, 50 e 60 Anos de Matrimónio. Podem começar a Inscrever-se, Sacristia dos Centros e Matriz. O habitual Encontro de Prepartação com todos os Casais Jubilados, é nodia 14, às 21,30h na Matriz.

 

37.  Casamentos para 2016 – Já podem marcar o Matrimónio para 2016. Assim como as Bodas de Prata ou Ouro, Diamante ou os 10 Anos. No Cartório Paroquial, aberto De Terça a Sexta – 17:00h às 19:30h.

 

38.  Ligações(Links) de muita importânica para um Portugês e Cristão. Carregue AQUI.

Pode seguir A NOSSA PARÓQUIA NO FACEBOOK: Ou Carregando: AQUI.

 

CONFISSÕES NA QUARESMA2016  - VIGARARIA

PARÓQUIA

DATA E HORÁRIO

Baguim

18     de Março – 09,30h e 21,30h

Covelo

10     de Março – 21,30h

Fânzeres

15     de Março – 21,30h

Foz do Sousa

09     de Março – 21,30h

Jovim

10     de Março – 21,30h

Medas

11     de Março – 21,30h

Melres

11     de Março – 21,30h

Rio Tinto

16     de Março – 15h às 18h00h

São Cosme

17    de Março  -  15H e 21,30h

São Pedro 

08     de Março – 21,30h

Valbom

07     de Março – 21,30h

 

 DOMINGO V DA QUARESMA C

L1 Is 43, 16-21; Sal 125 (126), 1-2ab. 2cd-3. 4-5. 6
L2 Filip 3, 8-14

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João - Jo 8, 1-11

Naquele tempo, Jesus foi para o monte das Oliveiras. Mas de manhã cedo, apareceu outra vez no templo e todo o povo se aproximou d’Ele. Então sentou-Se e começou a ensinar. Os escribas e os fariseus apresentaram a Jesus uma mulher surpreendida em adultério, colocaram-na no meio dos presentes e disseram a Jesus: «Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério. Na Lei, Moisés mandou-nos apedrejar tais mulheres. Tu que dizes?». Falavam assim para Lhe armarem uma cilada e terem pretexto para O acusar. Mas Jesus inclinou-Se e começou a escrever com o dedo no chão. Como persistiam em interrogá-l’O, ergueu-Se e disse-lhes: «Quem de entre vós estiver sem pecado atire a primeira pedra». Inclinou-Se novamente e continuou a escrever no chão. Eles, porém, quando ouviram tais palavras, foram saindo um após outro, a começar pelos mais velhos, e ficou só Jesus e a mulher, que estava no meio. Jesus ergueu-Se e disse-lhe: «Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?». Ela respondeu: «Ninguém, Senhor». Disse então Jesus: «Nem Eu te condeno vai e não tornes a pecar».

Palavra da salvação.

                                                     

https://www.youtube.com/watch?v=lVloNq3GqlQ

 

http://www.agencia.ecclesia.pt/noticias/nacional/fatima-2017-papa-vai-motivar-uma-grande-festa-no-santuario/


RUMO AO JUBILEU DOS CEM ANOS DE FÁTIMA

 

NESTA SEÇÃO, IREMOS COLOCANDO

ALGUNS ITENS, RELATIVOS A NOSSA SENHORA, FÁTIMA

E A VERDADEIRA DEVOÇÃO MARIANA, COMO CAMINHO PARA JESUS,

NA IGREJA E NA EUCARISTIA.

 

E OUTROS SUBSÍDIOS DE VIVÊNCIA E PREPARAÇÃO

 

NESTE TRIÉNIO 2014-2015-2016.

 

ANO MARIANO 2017: Fátima e Aparecida no Brasil, geminadas

 

·         300  Anos do Encontro da Imagem de Nossa Senhora Aparecida – Brasil

 

·         100 Anos das Aparições de Nossa Senhora do Rosário, em Fátima

 

Fátima 2016  --Cem Anos das Aparições do Anjo da Paz, Anjo da Guarda de Portugal – Rumo a 2017

 

Vamos transcrever, em pequenos excertos a fim de melhor ser saboreado e assimilado,

com a devida vénia, a Carta Pastoral de D. António Marto, Bispo de Leiria-Fátima,

Por se inserir rigorosamente na mística e espiritualidade

que a comunidade Paroquial de Gondomar adotou para o

quadriénio Rosário 2014 ao Rosário 2018.

 

Fruto dum grande Teólogo e Pastoralista, dá-nos a exata perceção de Fátima,

Providencialmente neste Ano da Misericórdia,

Centenário do Anjo, véspera do Centenário das Aparições da Senhora do Rosário em 2017

 

Carta Pastoral 2015-2017 – No Centenário das Aparições

 

Maria, Mãe de Ternura e de Misericórdia

 

Leiria, 15 de Setembro de 2015 --  Memória de Nossa Senhora das Dores

António Marto

 

Caríssimos diocesanos

Irmãs e irmãos no Senhor Jesus

 

8. A presença nas bodas de Caná (Jo 2, 1-11): “Fazei o que Ele vos disser”

 

O Evangelho de S. João apresenta Maria no início do ministério público de Jesus nas bodas de Caná da Galileia, onde também se encontravam os discípulos. Aí Jesus realiza o seu primeiro milagre, transformando água em vinho para que não se estragasse aquela festa. Maria tem aqui um papel importante. É ela a notar a falta de vinho comunicando-a a Jesus: “Não têm vinho”. Manifesta assim a sua atenção terna e concreta e também a confiança incondicional no Filho.

 

Este primeiro milagre de Jesus é classificado pelo evangelista como o “primeiro sinal” que aponta para outra realidade maior. Com este sinal, Jesus transforma as bodas humanas na imagem das bodas da Nova Aliança de Deus com o seu povo. Para esta bodas, Jesus convida o seu povo, representado pelos seus discípulos e a sua mãe, e oferece o amor superabundante de Deus simbolizado no vinho novo e abundante para viver a alegria e a festa da comunhão.

 

Assim, a verdadeira finalidade do episódio de Caná é a manifestação da infinita bondade de Deus e o despertar da fé, como se pode ver no final da narração: “Ele manifestou a sua glória e os discípulos acreditaram n’Ele”.

 

A partir daqui, podemos compreender a missão de Maria visível neste episódio: é a mãe atenta às dificuldades e necessidades dos homens, que apresenta ao Filho para que não falte a alegria do Evangelho, da ternura e da misericórdia. É simultaneamente porta-voz e intercessora do povo e porta-voz da vontade do Filho, em cujas mãos põe tudo e n’Ele confia.

 

Eis, a propósito, um belo comentário do então cardeal J. Ratzinger, numa homilia em Fátima: “No texto das bodas de Caná estão também as palavras de Maria aos serventes; depois do fiat (faça-se segundo a tua palavra), são talvez as suas palavras mais belas. No fundo, são só uma aplicação para nós do seu fiat: ‘Fazei o que Ele vos disser’. Para nós significa: conformai-vos à vontade de Deus. Escutai e estai prontos ao seu chamamento. Com estas palavras, convida os serventes e convida-nos a nós à fé... Convidou à fé e levou ao verdadeiro milagre... Fazei o que Ele vos disser, acreditai em Jesus Cristo, o Filho de Deus vivo... Acreditai e vereis a medida cheia do amor superabundante de Deus que nos salva. Acreditai e recebereis o vinho saboroso da presença de Deus na vossa vida”.

 

Maria aparece em Caná como mulher crente, colaboradora de Jesus na missão da Nova Aliança, desejosa de expandir a fé, que pede a cada um de nós a fé para aceder à alegria da comunhão com Deus e formar o novo povo que é a Igreja.

 

9. O caminho de peregrinação na fé

 

Não vamos pensar que a fé inicial de Maria foi sempre “de vento em popa”, sem conhecer dificuldades, perturbações ou provações. Também Maria teve de ir assimilando pouco a pouco o Evangelho anunciado por Jesus. O sim da anunciação foi o início de um longo itinerário para Deus, de uma verdadeira peregrinação na fé. Teve de renovar cada dia a fé profunda com que disse o seu primeiro sim, para o manter fiel durante toda a vida até à entrega do Filho na cruz.

 

Desde cedo, a sua fé passou por situações que a puseram à prova: o risco de perder o amor de José, seu noivo, por aceitar a maternidade divina, o nascimento do menino num pobre estábulo em Belém, a fuga para o Egito, a apresentação do menino no templo quando ouviu a desconcertante profecia de Simeão: “uma espada de dor atravessará o teu coração”, a perda de Jesus no templo. Maria vive a “noite da fé” que atinge o seu auge aos pés da cruz unida a Cristo sofredor no seu despojamento total. Mediante a fé, a mãe participa na morte do Filho com fidelidade, de modo bem diferente dos apóstolos, que fugiram.

 

Como é que Maria pôde viver este caminho ao lado do Filho com uma fé sólida, mesmo na obscuridade – quando Deus parece ausente ou em silêncio –, sem compreender tudo e sem perder a plena confiança em Deus? O evangelista S. Lucas revela-nos a atitude de fundo com que ela enfrentava estes acontecimentos: “Maria guardava todas estas coisas meditando-as no seu coração” (Lc 2, 19); e “Mas eles [os pais] não compreenderam as palavras que lhes disse... Sua mãe guardava todas estas coisas no seu coração” (Lc 2, 51). Isto significa que Maria entrava em diálogo íntimo com a Palavra de Deus anunciada: recordava e relacionava no seu coração os acontecimentos e a Palavra, discernindo desta forma os desígnios de Deus. Assim adquire a compreensão que só a fé lhe pode garantir e permitir “esperar contra toda a esperança”.

 

Neste contexto, compreendemos as referências elogiosas de Jesus a sua mãe como ouvinte da Palavra, que a torna membro da grande família espiritual que é a Igreja: “Minha mãe e meus irmãos são aqueles que escutam a Palavra de Deus e a cumprem” (Lc 8, 18-21) e “Felizes antes aqueles que escutam a Palavra de Deus e a guardam” (Lc 11, 27-28).

CONTINUA

__________________________________________________________________________

 

Pode seguir A NOSSA PARÓQUIA NO FACEBOOK: Ou Carregando: AQUI

 

Caros Leitores:

Hoje é V Domingo da Quaresma… começa a cheirar a Páscoa de alegria e da esperança

Bom Domingo para todos.

Vamos todos participar nas Confissões da Páscoa – Quinta Dia 17. Só assim viveremos em pleno esta Ano Santo da Misericórdia.

BOM DOMINGO,

CAROS PAROQUIANOS, IRMÃOS NA FÉ

E NAS ONDAS CIBERNÉTICAS.

ABRAÇO MUITO AMIGO PARA TODOS. FELIZ JUBILEU DO CUIDAR. .

                                                                                                                           Vosso Pároco: Padre Alípio Barbosa

 

< anterior   Seguinte >
J.A.T. template series was designed 2006 by 4bp.de: www.4bp.de, www.oltrogge.ws
Patanol